Não encontrou o que procura? tente usar a nossa busca.

Carregando...

Estude por Videoaulas em DVDs e Online

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Enem 2014 já tem data definida

O Ministério da Educação (MEC) já definiu as datas da próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): dias 8 e 9 de novembro de 2014. A informação foi divulgada em Ofícios enviados a instituições de ensino que são potenciais locais para a realização do exame.
Desde 2009, o exame é adotado como seleção na maior parte das universidades e institutos federais, além de ser critério para bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Financiamento Estudantil (Fies). As notas do Enem também servem como certificação do ensino médio e para a participação no programa Ciência sem Fronteiras. Em 2013, 7,1 milhões de estudantes se inscreveram no Exame.

<b>        Enem - Intensivão </b><br> Curso Completo <br> Aulas Inéditas - <b> Gravadas </b> para este Exame <br> 482 Videoaulas + Apostilas <br><b> 2014 </b>


Prepare-se para o ENEM com aulas inéditas, produzidas no decorrer do curso e direcionadas às características e particularidades deste exame.


O curso abrange todas as disciplinas cobradas no conteúdo programático.

Durante as aulas os professores irão ressaltar os pontos mais importantes de suas disciplinas, além de dar dicas e orientações para a prova. 

Fonte: Estadão

Concurso Sesipe DF: Ainda aguarda autorização


Sesipe/DF: concurso ainda aguarda autorização


imagem
O concurso para o cargo de agente de atividades penitenciárias da Subsecretaria do Sistema  Penitenciário do Distrito Federal (Sesipe/DF) ainda está em fase de elaboração das instruções técnicas para que seja solicitado junto ao conselho de recursos humanos da Secretaria de Administração Pública (SEAP-DF). Segundo responsáveis pelo setor de recursos humanos, a expectativa é de que o pedido seja encaminhado ao conselho nas próximas semanas. Somente após a autorização deverá ser iniciada a elaboração do edital e definida ao menos uma previsão de quando o edital poderá ser publicado.
O concurso vem sendo aguardado desde fevereiro, quando anunciado pelo diretor da Sesipe, João Feitosa, juntamente com o secretário de administração pública do Distrito Federal, Wilmar Lacerda. Na ocasião, chegaram a anunciar que a seleção seria iniciada ainda em fevereiro.
Ao  todo serão oferecidas 1.200 vagas, sendo 300 para preenchimento imediato e 900 para formar cadastro reserva de pessoal. Para concorrer será necessário possuir curso de nível superior em qualquer área formação. No concurso anterior, realizado em 2008, quando o cargo ainda era chamado de técnico penitenciário, foi necessário apenas ensino médio. Porém, a partir de 2010, com a lei 4.508, a carreira passou a ser chamada de agente de atividades penitenciárias, com necessidade de curso superior.
A remuneração inicial é de R$ 4.185. Porém, de acordo com a lei 5.182, de 20 de setembro de 2013, que reestrutura a tabela de vencimentos, os valores passarão a R$ 4.745 em 1º de setembro de 2014 e R$ 5.445, em 1º de setembro de 2015.
A lei também cria a gratificação por habilitações em atividades penitenciárias (ghap), que corresponde a um acréscimo ao vencimento básico do servidor. O benefício será feito com base no vencimento básico do padrão do plano de carreiras no qual o servidor se encontra. O acréscimo, atualmente, é de 11% para quem possui graduação, 15% para especialização e 25% para mestrado. A partir de 1º de setembro será de 13% para graduação, 20% para especialização e 30% para mestrado. Já em 2015, também a partir do dia 1º de setembro, passará a ser de 15% para graduação, 25%  para mestrado e 35% para doutorado.
A carreira conta com 4 classes, com 5 padrões cada. A progressão, que corresponde à mudança de um padrão para o posterior de uma mesma classe, ocorrerá a cada 12 meses de exercício no padrão anterior. Já a promoção, que é a mudança do último padrão de uma classe para o primeiro da classe posterior, será feita considerando o critério de merecimento.
Atualmente, para um servidor veterano, na classe especial padrão V, a remuneração é de R$ 5.866,11. Mas a partir de 1º de setembro passará a ser de R$ 6.369,83 e a partir de 1º de setembro de 2015 será de R$ 7.153,03..

Apostila Concurso Prefeitura de Tatuí - SP (2014)

Até R$ 8.471,12

Tatuí/SP publica edital com 39 vagas


imagem
A Prefeitura Municipal de Tatuí - SP abre Concurso Público com 39 vagas em diversos cargos. Do total, 5% serão destinadas para as pessoas com deficiência.

As inscrições serão realizadas entre os dias 14 de abril a 16 de maio, no site da Persona Capacitação – Assessoria e Consultoria (www.personacapacitaca.com.br), organizadora do concurso. O candidato que não tiver acesso a Internet poderá realizar o cadastro na rua Cel. Aureliano de Camargo, 943, centro de Tatuí, das 8h às 17h, em dias úteis. A taxa custa R$ 8,79.

Com salários variando entre R$ 812,40 e R$ 8.471,12, as oportunidades são para todos os graus de escolaridade.

Os concorrentes que concluíram o ensino superior podem pleitear as ofertas para assistente social (1), dentista (1), enfermeiro (3), engenheiro civil (1), médico auditor (1), médico cardiologista (1), médico clínico geral (3), médico do trabalho (1), médico endocrinologista (1), médico gastroenterologista (1), médico ginecologista (1), médico infectologista (1), médico neurologista (1), médico ortopedista (1), médico pediatra (3), médico plantonista (1), médico pneumologista (1), médico psiquiatra (1), médico reumatologista (1), médico urologista (1), médico ultrassonografista (1), médico estratégia saúde da família (1), professor de educação básica I (3).

Curso para Concurso de Tatuí - SP

<b>Curso Online – Vídeoaula</b><br>Concurso Tatuí/SP - Prefeitura Municipal<br><b>Agente de Organização Escolar<br></b>177 VideoAulas<br>Curso Online + Apostila em PDF<br><b>Acesso Imediato após a Confirmação de Pagamento</b>

Aqueles com nível médio disputam os cargos de agente de organização escolar (1), escriturário (1) e prático de poda e corte (1). Há, ainda, oportunidades nas funções de desenhista (1) e técnico de imobilização ortopédica (1) para os candidatos com ensino médio/técnico. Para a vaga de auxiliar de farmácia (1) é necessário possuir o ensino médio e um curso específico na área. 
A função de auxiliar de serviços gerais (2) será concorrida apenas por mulheres com ensino fundamental.

Há, também, oportunidades para o cadastro de reserva. Contador, encanador, engenheiro agrônomo, fiscal, fiscal ambiental, fiscal tributário, fisioterapeuta, operador de máquinas, pedreiro, professor de educação básica II geografia, professor de educação básica II história, secretário de escola, técnico agropecuário e topógrafo, professor de educação básica II educação física, professor de educação básica II matemática e professor de educação infantil são os cargos ofertados.  

Todos os inscritos serão avaliados por meio de um teste objetivo, previsto para o dia 15 de junho. Os cargos de encanador, prático de poda e corte, operador de máquinas, pedreiro e técnico de imobilização ortopédica terão que fazer um exame prático. Já as pessoas que concorrem aos postos de nível superior terão, ainda, uma prova de títulos.

Concurso de Joinville/SC 2014 - Prefeitura oferecerá 716 vagas

Todos os níveis

Joinville/SC abrirá 716 vagas em diversos cargos


imagem
A Prefeitura Municipal de Joinville - SC, realizará um concurso público com 681 oportunidades para todos os graus de escolaridade e um processo seletivo com 60 vagas para a carreira de agente comunitário de saúde, totalizando 716 ofertas. As oportunidades serão distribuídas entre a prefeitura, a Fundação Cultural de Joinville, o Hospital Municipal São José e o Ittran.

Candidatos com diploma de graduação concorrerão aos postos de advogado, analista de TI, arqueólogo, arquiteto, arquivologista, biólogo, contador, engenheiro (agrimensor, agrônomo, cartógrafo, civil, de alimentos, eletricista, sanitarista e de segurança do trabalho), enfermeiro, especialista cultural (museus, preservação e restauração, e tradução), extensionista rural II, fiscal de tributos, físico médico, fisioterapeuta, geólogo, historiador, jornalista, médico em 23 especialidades, odontólogo em 11 funções, procurador, psicólogo, relações públicas, supervisor escolar e terapeuta ocupacional.

Também em nível superior, haverá oportunidades para professores especializados em canto, contrabaixo elétrico, história da música, linguagem musical adulto/infantil, percussão, piano, saxofone, violino, artes plásticas, ballet clássico, dança contemporânea, escultura, jazz, teatro, tecelagem/tapeçaria, educação infantil, ensino fundamental/séries iniciais, ciências agrícolas, religião, português, educação física, artes e inglês.

Curso Online para Concuros de Joinville - SC

<b>  Joinville - SC (Curso Online - Vídeoaula) </b><br> Concurso da Câmara Municipal de Joinville <br><b> Assistente de Contabilidade </b><br> 106 VídeoAulas + Apostila em PDF <br><b> 2014 </b>

Ensino médio será imprescindível para as funções de agente administrativo, almoxarife, assistente cultural (encadernador, monitor de museus, tradutor), auxiliar de câmara escura, auxiliar de topógrafo, auxiliar escolar, educador, eletricista, fiscal de obras e posturas, fiscal de transportes, mecânico de refrigeração, motorista, técnico (agrícola, em aquicultura, em contabilidade, em edificações, em eletrônica, em enfermagem, em radiologia e florestal), tecnólogo em turismo e telefonista.

Curso de nível fundamental tornará possível a participação nos postos de agente de serviços gerais, agente operacional de obras, assistente administrativo, auxiliar educador, eletricista, encanador de utilidades, fabricador de tubos, instrutor de cursos de promoção social, jardineiro, laboratorista de solo, marceneiro, operador de empilhadeira, piscicultor e agente comunitário de saúde.

De acordo com o departamento de comunicação da prefeitura, o órgão está em fase de contratação da empresa que organizará a seleção. Estima-se que oito mil pessoas participem dos processos seletivos.

Concurso Inmetro 2014 - Instituto solicita autorização para Novo Concurso

Médio e superior

Inmetro: solicitação é para 80 oportunidades


imagem
O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), orgão vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), encaminhou, em fevereiro, documentos ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para a realização de um novo concurso público. 

A assessoria de imprensa do instituto não divulgou o número de vagas e nem os cargos que constam no pedido. Porém, no final de março, o MDIC solicitou ao MPOG a autorização de um processo seletivo com 80 oportunidades para o quadro de pessoal do Inmetro.

O pedido do MDIC foi enviado com a justificativa de que em junho de 2013 a presidente da República, Dilma Rousseff, decretou uma lei autorizando a criação de 510 cargos para o instituto.

Apostilas para Concurso INMETRO


<b>INMETRO</b><br> Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial <br><b>Conhecimentos Básicos</b><br>Comum aos cargos de Nível Médio, Técnico e Superior <br><b>Grátis CD Rom com Provas e Testes</b><br>Edição: Outubro/2010
 
Sobre a criação de cargos

Sancionada em 5 de junho de 2013, a lei n° 12.823 autorizou a criação de 6.818 cargos em diversos órgãos federais, sendo 510 destinados ao Inmetro.

As novas ofertas foram direcionadas aos postos de analista executivo em metrologia e qualidade (100); pesquisador-tecnologista em metrologia e qualidade (150); assistente executivo em metrologia e qualidade (150); técnico em metrologia e qualidade (100); e especialista em metrologia e qualidade sênior (10).

A maioria dos cargos aprovados pela lei já foi autorizada para a realização de um nova seleção, portanto, o MPOG deverá autorizar em breve o pedido do Inmetro, que atualmente está em trâmite na secretaria executiva.

Escolaridade

Os postos de analista, pesquisador-tecnologista e especialista sênior requerem diploma de graduação. Ensino médio completo é pré-requisito para assistente. Já o curso de nível técnico é exigido na função de técnico em metrologia e qualidade.

Último concurso

Homologada em abril de 2011, a seleção anterior apresentou 253 vagas de níveis médio e superior e foi organizada pelo Cespe/UnB.

Candidato com ensino médio completo e/ou curso técnico concorreram às carreiras de assistente executivo (10) e técnico em metrologia e qualidade (79). Os salários correspondiam a R$ 2.504,68, e chegavam a R$ 2.900,51 com a gratificação por qualificação.

Diploma de diploma de graduação tornou possível o cadastro nas colocações de analista executivo (40) e pesquisador tecnologista (124). A remuneração inicial era de R$ 5.964,34 e podia alcançar o valor de R$ 7.563,01 com o acréscimo da bonificação por títulos.

Na época, as chances foram destinadas ao Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal. Ao todo, 5% das oportunidades pertenceram aos portadores de necessidades especiais.

O processo seletivo constou de prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos para todos os candidatos e teste discursivo para quem pleiteou as funções de nível superior. Na parte de conhecimentos básicos, havia questões de atualidades, língua portuguesa e língua inglesa, esta última apenas para as carreiras que exigiram graduação.

Conteúdo programático de conhecimentos básicos da seleção anterior

Língua portuguesa: Compreensão e interpretação de textos; tipologia textual; ortografia 
Oficial; acentuação gráfica; emprego das classes de palavras; emprego do sinal indicativo de crase; sintaxe da oração e do período; pontuação; concordância nominal e verbal; regência nominal e verbal; significação das palavras; e redação de correspondências oficiais. 

Língua inglesa: Compreensão de textos escritos em língua inglesa (ênfase em textos técnicos); e itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos. 

Atualidades: Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia, suas inter-relações e suas vinculações históricas. 

Concurso Professor PEB I - SP 2014 - Autorizado abertura de 5.734 vagas

Secretaria Estadual de Educação

Governador autoriza concurso para 5.734 vagas de PEB I


imagem
O governador Geraldo Alckmin autorizou, nesta quarta-feira, dia 16, a realização de concurso público para o preenchimento de 5.734 vagas para o cargo de professor de educação básica I (PEB I) da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE-SP). A remuneração inicial da categoria é de R$ 1.462,80., com jornada de trabalho de 30 horas semanais.Porém, em regime de dedicação plena, com jornada de 40 horas, a remuneração chega a R$ 3.413,20.
A expectativa é de que a publicação do edital ocorra no segundo semestre.  
Para concorrer é necessário possuir curso normal superior com habilitação em magistério das séries iniciais do ensino fundamental, licenciatura em pedagogia com habilitação em magistério nas séries iniciais ou programa especial de formação pedagógica superior,  em qualquer nomenclatura, com habilitação em magistério das séries inciais.
Como a autorização é recente, a pasta ainda deve iniciar todos os procedimentos do concurso,  no que diz respeito a elaboração do edital e processo de escolha da empresa ou fundação organizadora, que deve ser anunciada nos próximos meses.


Apostilas específicas para PEB I
<b>      Professor PEB I - SP (Impressa) </b><br> Professor de Educação Básica I <br><b> Conhecimentos Gerais para TODAS as Disciplinas / Bibliografia Geral </b><br> 2013 <br><b> Grátis CD Rom com Provas e Testes </b>
 Embora a pasta tenha realizado concurso para professor PEB II em 2013, a expectativa pela realização de concurso para PEB I é grande, uma vez que, em decorrência de um processo de municipalização do ensino fundamental, a oferta de vagas para a carreira tem ocorrido com menor frequência. O último concurso para o cargo ocorreu em 2005.
Na ocasião, como normalmente ocorre nos concursos da secretaria de educação, inicialmente foram publicadas as instruções especiais, incluindo bibliografia e as regas da seleção. Posteriormente, foi divulgado o edital definitivo, incluindo o cronograma do concurso.
A seleção foi composta de uma prova, contando com duas partes. Na primeira, os candidatos foram submetidos a 80 questões objetivas e na segunda, 4 dissertativas.  
Para a classificação final também foram considerados títulos, com limite de 10 pontos, sendo considerados: diploma ou certificado de doutorado na área de educação (6 pontos), diploma ou certificado de mestrado na área de educação (3 pontos)  e comprovação de estabilidade no serviço público estadual, com 1 ponto.        
Temário – Enquanto o conteúdo programático do novo concurso não é definido, os interessados podem ao menos uma noção do que pode ser avaliado, com base no temário de pontos abordados no concurso de 2005.
Na ocasião, foram cobrados três tópicos essenciais. O primeiro, “Educação escolar: desafios e compromissos”. Englobou os temas sobre relevância do conhecimento, exigências de um novo perfil de cidadão e tendências da educação escolar, currículos e cidadania: saberes voltados para o desenvolvimento de competências cognitivas, afetivas, sociais e culturais; fundamentos e diretrizes do ensino fundamental e escola inclusiva como espaço de acolhimento, de aprendizagem e de socialização.
O segundo tópico, “Gestão escolar e qualidade de ensino”, incluiu a construção coletiva da proposta pedagógica da escola; o trabalho coletivo como fator de aperfeiçoamento da prática docente e da gestão escolar, o envolvimento dos professores na atuação dos colegiados e das instituição escolares com vistas à consolidação da gestão democrática da escola; a importância dos resultados da avaliação institucional e da avaliação do desempenho escolar;  protagonismo do aluno no cotidiano escolar; papel do professor na integração escola-família e a formação continuada como condição da construção permanente das competências que qualificam a prática docente.
O terceiro tópico, “Aprender e ensinar, construir e interagir”, incluiu a construção do conhecimento, pertinência cultural e interação social; ensino como intervenção nas zonas de desenvolvimento proximal, avaliação e decisões pedagógicas, conhecimentos prévios e seu papel na aprendizagem; práticas reflexiva e construção na competência do ensinar; concepção de aprendizagem e modelos de ensino, reforço e recuperação, ambiente e materiais pedagógicos e relação professor-aluno.
16/04/2014 - Documento Autorização

Apostila Concurso CREA-GO 2014 - Assistente Administrativo



Apostilas Específicas para CREA GO 2014


ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 
Assistente Administrativo


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) abre concurso público para preenchimento de 36 vagas em cargos de nível médio/técnico e superior. Os salários vão de R$ 1.009,24 a R$ 6.154,00.
Os cargos de nível superior são para analista de área nas funções de advogado, psicólogo, engenheiro civil e engenheiro mecânico, químico, alimentos, produção, metalúrgico, naval e oceânico, aeronáutico e espacial e mecatrônico.
Já as vagas de nível médio/técnico são para assistente administrativo (6 e 8 horas) e agente de fiscalização.
As vagas serão preenchidas em Goiânia e outras cidades do interior do estado. Inscrições podem ser feitas entre o dia 12 e 30 de abril exclusivamente pelo site www.institutoineaa.org.br. A taxa varia de R$ 35 a R$ 200.
As provas objetivas e eliminatórias estão previstas para o dia 25 de junho.

O edital está disponível no site da entidade organizadora (acesse aqui o edital).

Apostila para CFO PM/RJ - Curso de Formação de Oficiais - RJ 2014



Apostilas Específicas e Curso Online Videoaulas para Concurso PME/RJ - Curso de Formação de Oficiais - RJ 2014

CFO - Curso de Formação de Oficiais
<b>     PM RJ, PMERJ (Curso Online – Videoaulas) </b><br> Polícia Militar do Rio de Janeiro <br><b> CFO - Curso de Formação de Oficiais (Espanhol) </b><br> 365 Videoaulas + Apostilas Digitais <br><b> 2014 </b>



PMERJ oferece 120 vagas para curso de formação de oficiais

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) abre inscrições para concurso público que tem por objetivo preencher 120 vagas ao cargo de Curso de Formação de Oficiais.
O curso tem duração de três anos e ocorre em tempo integral, podendo ser em regime de internato, a ser realizado na Academia de Policia Militar Dom João VI. Após conclusão do curso com aproveitamento, os Alunos Oficiais serão declarados Aspirantes a Oficial PM e depois lotados e distribuídos nas Unidades da PMERJ.
Os candidatos devem ter concluído o ensino médio ou a concluir até a fase de pesquisa oficial. A altura mínima também é requisito. Nesse caso, os candidatos de sexo masculino devem ter, no mínimo, 1,65 m de altura e os do sexo feminino, 1,60 m de altura.
Inscrições
As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet no site a www.exatuspr.com.br, entre os dias 04 a 29 de abril de 2014. O valor da taxa de inscrição é de R$ 76,50.
Prova
A aplicação das provas objetiva e de redação está prevista para ocorrer no dia 18 de maio de 2014, na cidade do Rio de Janeiro.
Informações sobre o concurso da PMERJ - Curso de Formação de Oficiais
·         Inscrições:  04/04/2014 até 29/04/2014
·         Cargo: curso formação de oficiais
·         Taxa de Inscrição: R$ 76,50
·         Nº Vagas: 120
·         Data da Prova: 18/05/2014
·         Nível: médio

·         Edital:Exatus