Pesquise no Blog

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

DPE-AM 2017 abre concurso com 60 vagas de nível médio e superior

A Defensoria Pública do estado do Amazonas publica o edital do concurso público para cargos de Analista e Assistente. As inscrições começam no dia 30 de outubro.


Defensoria do Amazonas abre concurso com 60 vagas de nível médio e superior


Está aberto o novo concurso público da Defensoria Pública do estado do Amazonas (concurso DPE-AM). A Fundação Carlos Chagas publicou o edital de abertura da seleção que tem 60 vagas em cargos de níveis médio e superior nas funções de Analista e Assistente Técnico. Os aprovados serão lotados no quadro de servidores da DPE-AM nos municípios de Humaitá, Itacoatiara, Manaus, Parintins, Tabatinga e Tefé.

As inscrições no concurso abrem no dia 30 de outubro e vão até as 14 horas do dia 27 de novembro de 2017, pelo site da FCC - www.concursosfcc.com.br. A taxa de inscrição será de R$ 70,00 para empregos de nível médio e de R$ 90,00 para nível superior.
O cargo de Analista exige nível superior e tem 30 vagas nas áreas de Ciências Jurídicas, Psicologia, Serviço Social, Administração, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Análise de Sistema e Análise de Banco de Dados. A remuneração inicial para Analistas varia entre R$ 4.819,10 e R$ 6.000,00.
Já com requisito de ensino médio, são 30 vagas para Assistente Técnico Administrativo (21), Assistente Técnico em Agrimensura (1), Assistente Técnico de Suporte (5) e Programador (3). Os vencimentos destes vão de R$ 3.400,00 a R$ 3.531,95.
A seleção terá provas objetivas para todos os cargos com 60 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos, mais prova discursiva/ estudo de caso para os cargos de nível superior. As provas objetivas serão realizadas no dia 04 de fevereiro de 2018, nas cidades de Humaitá, Itacoatiara, Manaus, Parintins, Tabatinga e Tefé.
A divulgação do gabarito e das questões das provas sairá no site da Fundação Carlos Chagas a partir das 17h de 5 de fevereiro, e o resultado preliminar está previsto para 29 de março de 2018.
O concurso público terá validade de dois anos para nomeação dos aprovados, após a publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Defensoria Pública do Estado do Amazonas.
Links e Arquivos