Pesquise no Blog

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Concurso PM RN 2017/2018: IBADE é o organizador do edital com 1.000 vagas!

Expectativa de edital é muito grande

É grande a expectativa de edital do concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (Concurso PM RN 2017/2018). Foi divulgado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 05 de dezembro, o Termo de Dispensa de Licitação que confirma o organizador do concurso da corporação com 1.000 vagas. O escolhido foi o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) prestar os serviços de organização e realização do concurso (veja abaixo).
O Termo de Dispensa de Licitação foi assinado pelo secretário da Administração e dos Recursos Humanos Cristiano Feitosa Mendes. O governador do Estado, Robinson Faria, já havia informado que o edital estava em fase final por parte da comissão organizadora. A banca que cuidará do certame também está sendo definida. De acordo com informações do comandante-geral, ao jornal Tribuna do Norte, serão oferecidas 1.800 vagas, fracionadas em três turmas. “O edital está na Secretaria de Administração. Na realidade, a vacância é de mais de 2.800 policiais. Mas serão 1.800 em três turmas. Em torno de 600 soldados e 40 oficiais em cada. Ainda de acordo com o comandante, não se sabe como será ofertado o quantitativo de vagas. “Não sabemos se será um só concurso para as três turmas. A Sead é quem está definindo isso.  Pode ser que se faça um só concurso e chame os primeiros 600, depois mais 600 e os outros 600. Para oficial, da mesma forma: três turmas de 40?, frisou.


Uma comissão especial já foi constituída para acompanhamento do certame, definição da organizadora e outros detalhes do edital de concurso da Polícia Militar. A comissão é formada pelo subsecretário de Recursos Humanos, Werbert Benigno, Carmem Lúcia, da Escola de Governo, pelo Tenente Coronel Andre Gustavo, major Ezau Macedo e pelo capitão João Batista.
A expectativa é que o concurso tenha vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), Curso de Habilitação a Oficiais (CHO) e para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). O salário de Soldado da PM-RN será de R$ 2.900 mil reais após o curso formação, enquanto na função de 2º Tenente (primeiro posto na carreira do oficial), o subsídio chega R$ 7.900 reais mensais após o curso de formação.

Requisitos do Concurso PM RN 2017/2018

De acordo com o último edital de concurso público da PM/RN, os candidatos devem atender os seguintes requisitos para concorrer a uma das vagas de Soldado no certame: Para a investidura do cargo o candidato deverá ter sido aprovado em todas as etapas do concurso, inerentes ao cargo que deseja ocupar; Para o cargo de policial militar masculino, o candidato deverá ser brasileiro nato ou naturalizado, na conformidade da Lei; Possuir ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais (ITEP), certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Eleitoral, Militar e do Distribuidor Criminal, demonstrando não estar, o candidato, indiciado, denunciado ou em cumprimento de pena criminal, inclusive até o término do CFSd; Não ter sofrido condenação criminal, com pena privativa de liberdade ou qualquer condenação incompatível com a função policial militar; Estar quite com as obrigações militares, devendo ser portador do Certificado de Reservista ou de Dispensa de Incorporação; Não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva; Ter, no mínimo, 1,65m de altura; Ter, no mínimo, 19 (dezenove) e, no máximo, 30 (trinta) anos de idade; Haver concluído o Ensino Médio ou equivalente, devidamente comprovado, por meio de diploma, certificado ou declaração reconhecidos legalmente, por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas Brasileiras ou pelo Ministério da Educação; Para o cargo de policial militar os documentos comprobatórios dos requisitos acima enumerados deverão ser apresentados na ocasião da matrícula no Curso de Formação de Soldados, sob pena de anulação sumária da inscrição e de todos os atos decorrentes.

Atribuições do cargo de Soldado – Concurso PM RN

O Soldado terá missão de desempenhar as atribuições da missão constitucional de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública através dos seguintes tipos de policiamento em todo o território do Rio Grande do Norte, seja de ostensivo normal, urbano e rural, de trânsito, florestal e de mananciais, rodoviário, nas rodovias estaduais, de rádio patrulha terrestre e aérea, segurança externa dos estabelecimentos penais do Estado e outros definidos por lei.

Último Concurso

O último concurso realizado pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte PM/RN aconteceu em 2005. Na época, a organizadora do concurso foi a Consultoria em Projetos Educacionais Ltda. (Consultec). Os inscritos foram avaliados por exame intelectual, avaliação de condicionamento física, exames de saúde e curso de formação de soldado. O edital contou com 1.000 vagas para Soldado.
Os candidatos passaram por provas objetivas, que abordou questões de Língua Portuguesa (20), Matemática (20), Geografia Geral/Geografia RN  (20), História (20), Atualidades (10) e Aspectos Geoconômicos/RN (10). Cada questão admitiu, somente, uma resposta certa e teve valor de 1,0 (um ponto). Na Folha de Respostas o candidato teve que marcar, somente, um dos cinco itens de Resposta, para cada questão.

Exame de Capacidade Física

O Exame de Avaliação de Condicionamento Físico (EACF) do último concurso teve caráter, exclusivamente, eliminatório, não influindo na classificação do candidato, que será considerado apto ou inapto.
Para esta Etapa, os candidatos selecionados na 1ª etapa serão convocados e informado(s) sobre o(s) dia(s), a(s) hora(s) e o(s) local(is) do Exame de Avaliação de Condicionamento Físico, através de edital publicado no Diário Oficial do Estado.
O candidato, convocado para o Exame de Avaliação de Condicionamento Físico, deverá apresentar-se no local, com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário fixado para o seu início, munido de documento de identidade original, comprovante de inscrição, de Atestado Médico, emitido com, no máximo, 10 (dez) dias de antecedência à data da prova, atestando, especificamente, que o candidato está apto para ESFORÇO FÍSICO nos testes elencados neste Edital e de acordo com o modelo apresentado no Anexo IV, deste Edital.
Considerar-se-á Atestado Médico o documento expedido em papel timbrado, original, carimbado e assinado por profissional médico da rede pública ou privada, constando também o nome do candidato com o respectivo número da cédula de identidade, além da identificação legível do emitente e o número de inscrição do CRM.
O Exame de Avaliação de Condicionamento Físico realizado no horário da manhã, consistirá em submeter o candidato aos testes de Corrida de Média Distância e Tração em Barra Fixa. Aqueles candidatos considerados aptos nas provas realizadas no horário da manhã retornarão no horário da manhã do dia seguinte, a fim de serem submetidos aos exames de Flexão de Braço com apoio no solo, Flexões Abdominais e Meio Sugado. Será considerado apto no Exame de Avaliação de Condicionamento Físico o candidato que alcançar a marca, mínima, estipulada em todas as provas (Corrida de Média Distância, Tração em Barra Fixa, Flexão de Braço com apoio no solo, Flexões Abdominais e Meio Sugado).
O candidato que não alcançar a marca mínima em qualquer um dos testes do Exame de Avaliação de Condicionamento Físico não poderá prosseguir na realização dos demais testes, 9 sendo logo considerado inapto, nessa prova, e, conseqüentemente, eliminado do concurso público.
O candidato deverá comparecer ao local determinado para a realização do Exame de Avaliação de Condicionamento Físico, trajando roupa apropriada para a atividade esportiva, adequado à natureza das provas. Será considerado eliminado da prova e do concurso o candidato que: a) deixar de comparecer para a realização dos testes no(s) dia(s), hora(s) e local(is) designado(s) no edital convocatório desta etapa; b) deixar de apresentar os documentos exigidos no item 4.2.3, deste capítulo; c) não alcançar qualquer uma das marcas mínimas estabelecidas nas provas; d) for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução dos testes; e) faltar com a devida cortesia para com qualquer dos examinadores, seus auxiliares, autoridades presentes e/ou candidatos; e f) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido.
No dia da realização do EACF, o candidato será identificado mediante a apresentação do comprovante de inscrição, acompanhado do documento de identidade original, e assinará a Ata de Avaliação Individual de Rendimento do candidato no início e ao final da prova, na presença dos examinadores, tomando imediata ciência do seu desempenho. Caso o candidato se recuse a assiná-la, tal fato será atestado por duas testemunhas.
Os casos de alteração psicológica ou fisiológica temporária que impossibilitem a realização das provas ou diminuam a capacidade física dos candidatos, não serão levados em consideração, não sendo dispensado ao candidato nenhum tratamento privilegiado. 4.2.12. Não será admitido ingresso de candidato no local de realização das provas, após o horário fixado para o seu início.
Não será aplicada prova, em hipótese alguma, fora do espaço físico, data e horários predeterminados nos editais de convocação, nem se permitirá a interferência e/ou participação de terceiros na realização da prova prática. No dia da realização da prova os casos omissos e/ou situações de força maior serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Concurso.

PREPARE-SE! Apostilas para Polícia Militar - RN

<b>     PM/RN (Versão Impressa) </b><br> Polícia Militar do Rio Grande do Norte <br><b> Soldado <br></b> Grátis CD com Provas e Testes + Curso Online <br><b> 2016 </b>

Nenhum comentário:

Postar um comentário