Pesquise no Blog

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Concurso Trensurb/RS: Banca definida para concurso com 317 vagas

                                        Resultado de imagem para trensurb

Foi divulgado no Diário Oficial da União, desta quinta-feira, o resultado do processo licitatório para a contratação da organizadora do concurso da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb). Como informado anteriormente pelo JC, a Legalle Concursos será a banca do certame com 317 vagas, sendo 12 imediatas e 305 para formação de cadastro reserva (CR) de pessoal.

Candidatos com ensino médio completo e carteira de habilitação na categoria “B” estarão aptos para pleitear as oportunidades para a função de agente metroviário – operação de estações (10 vagas + 200 CR).

Quem possui formação superior poderá concorrer às carreiras de analista administrativo/advogado (1 + 20 CR), analista administrativo/contador (30 CR), analista metroviário/engenheiro eletricista/eletrotécnico (1 + CR), analista metroviário/engenheiro civil (20 CR) e analista metroviário/engenheiro civil/modalidade transportes (5 CR).

Ainda não foram revelados os salários que serão oferecidos no edital do concurso da Trensurb. Mas um dos detalhes revelados é com relação às provas, já que haverá questões de múltipla escolha sobre português, matemática e raciocínio lógico, conhecimentos gerais, conhecimentos em administração pública, informática, legislação e/ou conhecimentos específicos.

Último concurso da Trensurb


Foi em 2014 que a instituição publicou edital com três oportunidades imediatas e 640 para formação de cadastro reserva. Na ocasião, a banca organizadora foi a Objetiva Concurso.

Profissionais com ensino médio puderam disputar o emprego de agente metroviário na ocupação de segurança metroviária (80 CR). Já os participantes com curso técnico concorreram à colocação de técnico de serviços nas especialidades de técnico de enfermagem (20 CR), contabilidade (40 CR) e administração (40 CR); neste mesmo requisito ainda havia chances para técnico metroviário nas áreas de técnico em eletrotécnica (40 CR), edificações (40 CR), eletromecânica (1 + 40 CR), eletrônica (1 + 40 CR), estradas (40 CR) e mecânica (1 + 40 CR).

Os graduados estavam habilitados para para analista administrativo nos ramos de análise de sistemas (20 CR), relações públicas (20 CR), secretaria executiva (20 CR), jornalismo (20 CR), publicidade (20 CR) e medicina do trabalho (20 CR); e analista metroviário nas posições de arquiteto (20 CR) e engenheiro de segurança do trabalho (20 CR), eletrônica (20 CR), mecânico (20 CR) e ambiental (20 CR).


                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não encontrou a Apostila para o Concurso que deseja? Envie um e-mail e lhe retornaremos o mais rápido possível: exclusivaconcursos@gmail.com