Pesquise no Blog

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Concurso Polícia Civil RN 2017: Edital com 157 vagas até dezembro!

                                             Resultado de imagem para pc rn
O edital de concurso público da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Concurso PC RN 2017) tem expectativa de ser divulgado em breve, mais precisamente até dezembro. O documento de abertura deve ser publicado com 157 vagas, distribuídas entre os cargos de Delegado de Polícia (29), Escrivão (17) e Agente (111).
“O governador já sinalizou  a abertura do edital, com certeza o aumento do efetivo é uma das prioridades”, frisou o delegado-geral do Estado, Cleiton Pinho. No início do mês de abril, a Delegacia Geral da Polícia Civil divulgou uma nota esclarecendo que a Polícia Civil/RN já está em fase de seleção da banca: “O processo para a realização do concurso público está na fase de contratação da empresa responsável pelo certame”.
Para concorrer aos cargos será necessário nível superior em qualquer área, com exceção do cargo de delegado, que exige ainda, formação específica na área de Direito. O salário inicial chega a R$ 15.288,00 para Delegado e R$ 3.755 para os demais cargos. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.
No final do ano passado uma comissão especial foi constituída para acompanhamento do certame e definição da organizadora e outros detalhes do edital de concurso PC RN. A comissão foi formada pelo subsecretário de RH, Werbert Benigno, Carmem Lúcia, da Escola de Governo e pelos delegados Olavo Ferreira e Josiel Pereira.
Apesar do edital ter previsão de 157 vagas, a expectativa é que possam ser feitas convocações além da oferta. Acontece que em publicação no Diário Oficial, o Ministério Público do Estado apontou que atualmente existem pelo menos 3.608 cargos vagos na corporação. As vagas serão destinadas aos cargos de Delegado, Escrivão e Agente de Polícia Civil.

Sobre os cargos

O cargo de Delegado requer diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. O delegado terá missão de instaurar e presidir inquéritos policiais e demais procedimentos que se iniciem na Polícia Judiciária, destinados a apurar a materialidade e a autoria das infrações penais; exercer atribuições previstas na legislação processual penal de competência da autoridade policial; requisitar a realização de prova pericial, quando necessária, ou de quaisquer outros exames que julgar imprescindíveis à elucidação do fato; prestar às autoridades judiciárias as informações necessárias à instrução e ao julgamento dos processos penais sob sua direção; entre outras atribuições.
O Agente de Polícia do Rio Grande do Norte, conforme o último edital, tem exigência de diploma, devidamente registrado, de graduação em nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. O Agente tem missão de levantar todas as informações que conduzam ao esclarecimento dos delitos denunciados, subsidiando o Delegado de Polícia Civil com os elementos necessários para a conclusão do inquérito policial; efetuar prisões em flagrante, busca pessoal e apreensões; cumprir mandados expedidos pela autoridade policial competente; dirigir, conforme habilitação e de acordo com a devida designação, veículos automotores em missões policiais e no desempenho de atividades nos diversos setores da Polícia Civil; entre outras tarefas.
Por fim, o cargo de Escrivão de Polícia Civil exige diploma, devidamente registrado, de graduação em nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. O cargo tem missão de dar cumprimento às formalidades processuais, na lavratura de autos, termos, mandados e demais atos próprios do seu ofício definidos em lei; lavrar autos de prisão em flagrante delito, autos de exibição e apreensão em flagrante delito e termos e boletins circunstanciados de ocorrência, quando determinado pela autoridade policial; elaborar termos de entrega de objetos e valores apreendidos, de ordem da autoridade policial; reduzir a termo as declarações, os interrogatórios, os depoimentos, os autos de prisão em flagrante, as acareações, os reconhecimentos, as resistências, as reconstituições, os recolhimentos e outros procedimentos policiais assemelhados; entre outras.

O último concurso

O último concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte aconteceu em 2008. Na época, foram oferecidas 438 vagas, nos cargos de Escrivão (107), Agente (263) e Delegado (68). Os salários oferecidos chegaram a R$ 2.085,78 para Agente e Escrivão, enquanto o Delegado contava com remuneração inicial de R$ 7.957,18.
Os candidatos realizaram provas com questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades e Conhecimentos Específicos pertinentes a cada área.
                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não encontrou a Apostila para o Concurso que deseja? Envie um e-mail e lhe retornaremos o mais rápido possível: exclusivaconcursos@gmail.com